Buscar
  • Karen Bassi

Eu prejudico meus joelhos com a prática da corrida?

Você vai acreditar se eu começar falando que pode ser o contrário?!


Como já falado antes, o joelho é uma articulação que engloba uma série de tecidos (ligamentos, tendões, cápsulas). Local onde chegam e saem músculos importantes do quadril e do tornozelo. Em resumo, ele está bem ali, no meio de tudo.


É evidente que doses erradas, como aumento abrupto do volume da corrida (tempo, distância, frequência) ou fatores externos que estejam envolvendo algum tipo de desconforto prévio no joelho, podem ter algum tipo de agudização com a prática.


Agora choque-se com essa informação: alguns estudos mostram que pessoas que praticam corrida recreacional, tem menos chances de desenvolver artrose nos joelhos, comparado com indivíduos sedentários ou corredores de elite.


Pois é. Pode ser que sua corrida de fim de semana ou com uma certa regularidade, esteja te ajudando, além do bem estar que quem pratica sabe bem como é!


Acontece que nosso corpo se adapta. O tempo todo estamos nos adaptando à situações externas e internas, e o impacto e a carga da corrida é só mais uma dessas adaptações.


Novamente, não incentivo que continue correndo se está apresentando dores. Algo pode estar errado e às vezes é uma questão de ajuste para melhorar e retornar a prática de forma saudável.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Quando o paciente me procura, é evidente que meu foco vai para a parte anatômica e física do problema. Mas quando ouço "Estou com dor pra brincar com meu filho"; "estou com dor pra correr e tenho uma