Buscar
  • Karen Bassi

Existe relação do sono com a dor crônica?

Sabemos da importância do sono para a recuperação e equilíbrio de funções básicas do nosso sistema.


Alguns estudos já conseguem mostrar que a privação do sono pode inferir negativamente com estresse, ansiedade e depressão. E também sabemos, que esses três citados, influenciam na dor. Consegue imaginar o "combo" que é para quem já tem experiência de dor crônica?


Na verdade, ocorrem duas situações aqui: a falta do sono pode afetar a experiência da dor, e a própria dor, pode alterar a qualidade do sono.


Fica um alerta: estudos também mostram que a privação do sono a longo prazo, pode ser um fator de risco de dor crônica para pessoas saudáveis.


Então se você tem dificuldade no sono com certa frequência, procure introduzir hábitos novos na sua rotina, ou então, uma atenção de um profissional. Se tem dor crônica, evite ao máximo privar o seu sono, para não ter uma alteração nessa percepção.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Quando o paciente me procura, é evidente que meu foco vai para a parte anatômica e física do problema. Mas quando ouço "Estou com dor pra brincar com meu filho"; "estou com dor pra correr e tenho uma