Buscar
  • Karen Bassi

Relação entre dor crônica e a atividade física

Em um primeiro momento, parece que repousar é a melhor opção para quem sofre de dor crônica. Por muito tempo, essa foi a recomendação de profissionais para pacientes. "Não vai mais poder correr"; "não vai mais poder jogar"; "não pode mais rodar a coluna"; entre muitos outros.


Além disso gerar uma hiper vigilância da dor, gera medo e receio de realizar certos movimentos. Mas de alguns anos pra cá, isso tem mudado. Ainda bem!


O exercício físico tem muitos efeitos benéficos para a dor, desde a parte de saúde física e mental até a parte em que é considerado analgésico para o corpo. Sim! Nosso corpo libera algumas substâncias enquanto nos movimentamos, e elas proporcionam certa analgesia.


Qualquer dor crônica pode ter uma certa melhora com exercícios físicos, claro, com a recomendação correta de acordo com a dor. Vale caminhada, natação, musculação, yoga, pilates, entre muitas.


Só um alerta: essa dica é para dores crônicas, aquelas mais antigas, frequentes e constantes. Para dores agudas, dependendo do que foi, o exercício pode aumentar a intensidade da dor nos primeiros dias, então fique atento.


Procure então se mexer e com isso, ter o efeito benéfico da analgesia através do movimento!

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O que é a hérnia de disco? Devo me preocupar?

Alguns pacientes já apresentaram dores constantes na coluna lombar ou cervical, e como a maioria, foram orientados a fazer um exame de imagem para verificar a presença de alguma questão no disco. Muit

O frio influencia a minha dor?

Com certeza se não foi você, alguém próximo já se queixou de um aumento de dor em dias frios. Mas será que essa informação se sustenta? Muitos estudos foram realizados na tentativa de "compreender" es

Existe posição correta para dormir?

Esse é mais um tópico de dúvida frequente de todos, e que já ouvimos diversas respostas. A mais comum é a posição de lado com travesseiro não muito alto ou baixo, mantendo cabeça no mesmo alinhamento