Buscar
  • Karen Bassi

O frio influencia a minha dor?

Com certeza se não foi você, alguém próximo já se queixou de um aumento de dor em dias frios. Mas será que essa informação se sustenta?


Muitos estudos foram realizados na tentativa de "compreender" essa afirmação. Uma informação relevante foi a de que pacientes com artrite se sentiam melhora em ambientes secos e quentes. Alguns estudos mostraram um número grande de aumento da dor em ambientes úmidos. Mas veja bem, os avaliados tinham queixas de dores crônicas como artrite reumatóide, osteoartrite e fibromialgia. Essas são doenças que realmente tem uma sensibilidade maior ao frio.


Uma outra hipótese é de que nosso corpo fica em tensão/contração, diminuindo assim o fluxo sanguíneo para as extremidades. Além disso, pode diminuir a resposta do músculo ao movimento, inibindo a proteção articular.


Mas a verdade é que até hoje, não foi provado com certeza essa informação. É realmente uma crença que temos, e que se sustenta para muitas pessoas.


Minha dica é: se você sente que o frio influencia na sua dor de forma negativa, prepare-se para ele. Agasalhe-se melhor (por exemplo, para dor cervical, o uso de cachecol pode ser uma boa). Movimente-se mais do que o habitual, com alongamentos, exercícios de mobilidade, por exemplo ao acordar antes de sair da cama. E se necessário, capriche na bolsa de água quente!

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Quando o paciente me procura, é evidente que meu foco vai para a parte anatômica e física do problema. Mas quando ouço "Estou com dor pra brincar com meu filho"; "estou com dor pra correr e tenho uma